sábado, 30 de junho de 2012

glub

saudade de ritual. estou tentando alguns. a solidão é boa para os rituais. quando com amigos conectados, flui bem também. estou fascinada por peixes. descobri que é meu descendente na astrologia. eu que só pensava no ascendente, ignorava por completo o descendente. é peixes. são peixes. abissais, eu deliro. namorado, eu como. espada, eu luto. é minha mãe. aquela mulher maluca e linda que me emprestou a barriga quando eu precisei. que gran loucura. que gratidão. diz minha mãe que quando a gente era criança e ela ia nos buscar no colégio, geralmente eu estava numa acirrada partida de queimado pois sabia que ela ia se atrasar (ela também dava aula, só que em outro colégio), e diz dona sônia que ela entrava numas da telepatia. juntava os dedos polegar, indicador e dedo médio (das duas mãos), e pensava: "a letícia vai olhar pra mim agora". diz ela que eu olhava na hora. que nunca falhou. isso é peixes. isso é lindo. saudade de ritual.
a  letícia vai olhar pra mim agora.

Um comentário:

  1. q lindo isso. linda essa mãe.
    quero descobrir meu descendente tb!

    ResponderExcluir